VILHENA: Veículo para atendimento a domicílio de crianças de programa social é entregue para o Cras

Programa “Criança Feliz” vai até a casa dos beneficiários prestando ajuda à primeira infância

0
25

No fim da tarde de ontem, dia 22, o Cras (Centro de Referência em Assistência Social) recebeu um veículo 0 km para realizar atendimentos a domicílio dentro do programa Criança Feliz. O prefeito Eduardo Japonês realizou a entrega para a secretária de assistência social Patrícia da Glória e servidores da entidade, que agora poderão atender com mais abrangência as cerca de 200 famílias beneficiadas pelo programa.
O Fiat Mobi foi comprado através de convênio do próprio programa Criança Feliz através de economia realizada pela Secretaria Municipal de Assistência Social. “É muito bom podermos ajudar quem mais precisa. Um veículo como esse pode parecer pouco, mas fará muita diferença no atendimento destas crianças”, conta Japonês.
Patrícia lembra que o Criança Feliz é um programa que apoia e acompanha o desenvolvimento infantil integral na primeira infância (crianças de 0 a 6 anos de idade). “Um dos objetivo é também facilitar o acesso da gestante, das crianças na primeira infância e de suas famílias às políticas e aos serviços públicos. Fazemos visitas domiciliares que buscam envolver ações de saúde, educação, assistência social, cultura e direitos humanos. É um serviço bem completo”, conta a secretária.
Na entrega esteve presente também a vice-prefeita Maria José e servidores do Cras e da Semas. Na oportunidade o prefeito também visitou as alunas dos cursos de costura, doces, salgados, manicure e pedicure realizados no Cras em parceria com o Senac (Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial).
COMO SE BENEFICIAR DO PROGRAMA – Para participar do Criança Feliz, a família deve manter seus dados no Cadastro Único atualizados, principalmente quando há grávidas e crianças de até três anos na composição familiar.
O Programa estimula a responsabilidade dos adultos que são referência para a criança no seu dia-a-dia, que relacionam-se diretamente com ela, estabelecendo os vínculos afetivos mais próximos durante os seus primeiros anos de vida. O Programa promove também o fortalecimento do papel das famílias no cuidado, na proteção e na educação das crianças na primeira infância e encoraja o desenvolvimento de atividades lúdicas envolvendo outros membros da família.
São públicos prioritários do Criança Feliz: gestantes, crianças de até três anos beneficiárias do Programa Bolsa Família e suas famílias; crianças de até seis anos beneficiárias do Benefício de Prestação Continuada (BPC) e suas famílias; crianças de até seis anos afastadas do convívio familiar em razão da aplicação de medida de proteção prevista no art. 101 da Lei nº 8.609, de 13 de julho de 1990, e suas famílias.
Fonte: Semcom

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here