Cirone Deiró, Laerte Gomes e Marcos Rogério se reúnem com o setor madeireiro de Espigão do Oeste

0
83

“As arbitrariedades dos órgãos de fiscalização contra o setor produtivo, deixam empresários e trabalhadores reféns de uma burocracia que desconsidera as necessidades regionais. Essa realidade se agrava quando as ações de fiscalização são marcadas por excessos, como foi o caso de uma recente ação do Ibama na região de Espigão do Oeste”, declarou o deputado Cirone Deiró (Podemos), ao convidar o presidente da Assembleia, deputado Laerte Gomes (PSDB) e o senador Marcos Rogério (DEM) para reunião com o setor madeireiro, na manhã do último sábado (6), em Espigão do Oeste.

A iniciativa de Cirone Deiró foi motivada pela necessidade de apoiar o setor, depois que todas as madeireiras do município tiveram suas atividades bloqueadas no Documento de Origem Florestal (DOF) do Ministério do Meio Ambiente (MMA), sistema de controle e acompanhamento das atividades. A decisão do Ibama paralisou de imediato todas as empresas que atuam no ramo de beneficiamento de madeira do município.

De acordo com o presidente do sindicato dos madeireiros, empresário, Cassio Barden, caso a medida não seja revertida até a próxima semana, cerca de três mil trabalhadores do setor serão dispensados com a suspensão das atividades das madeireiras. Durante a reunião com os representantes do setor, o senador Marcos Rogério fez contado com o ministro do meio ambiente, Ricardo Salles e relatou os problemas enfrentados pelos empresários com o bloqueio no DOF.

Marcos Rogério deixou claro que todo o esforço será feito em defesa de quem está trabalhando dentro da legalidade, e que se há práticas consideradas ilegais, as mesmas devem ser apuradas e os culpados punidos na forma da lei. “Estamos aqui para apoiar e defender quem trabalha dentro da legalidade e contribui com a geração de emprego e renda”, disse.

Já o presidente Laerte Gomes agradeceu ao convite do deputado Cirone para se unir aos madeireiros na defesa do setor e se colocou à disposição para apoiar a causa do setor. “Estarei trabalhando para que a Assembleia contribua na solução deste impasse. Não podemos aceitar as arbitrariedades impostas ao setor produtivo e empresarial deste importante município”, assegurou.

Ao final da reunião, Cirone Deiró agradeceu a atenção imediata que o presidente da Assembleia, Laerte Gomes e o senador Marcos Rogério, deram ao problema enfrentado pelo setor madeireiro de Espigão. “Esse apoio é importante na construção de uma solução para o setor”, explicou, ao lembrar que a suspensão da atividade dos madeireiros causará muitos transtornos para a economia local.

Texto: Edna Okakayashi/Assessoria
Fotos: Assessoria

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here