Alunos da escola Leãozinho tem tarde lúdica na Brinquedoteca da Unesc

0
30

Teve início nesta terça-feira (12), as atividades da Brinquedoteca da Unesc, um espaço que tem como objetivo principal contribuir com o desenvolvimento lúdico e cognitivo das crianças. Brincando livremente, as crianças colocam em prática sua própria criatividade, aprendendo a valorizar as atividades lúdicas.

Na Unesc, a presença deste espaço infantil exclusivo é importante tanto para o desenvolvimento dos pequenos, como para a formação acadêmica dos futuros professores formados pela instituição. Conforme explicou a professora do curso de Pedagogia da Unesc, Ana Paula Gottardi, todas as atividades realizadas na Brinquedoteca são planejados pelos acadêmicos e avaliados ao final, exercendo a prática da ação-reflexão-ação.

“A associação entre teoria e prática é fundamental na formação acadêmica. Os conhecimentos que os acadêmicos adquirem no decorrer das aulas, através da Brinquedoteca eles podem colocar em prática. Hoje, por exemplo, trabalhamos dentro da Brinquedoteca os conceitos da Pscimotricidade e Lateralidade”, ressaltou a professora.

Toda terça-feira, a Unesc receberá alunos das escolas públicas de Cacoal, colocando a Brinquedoteca totalmente a disposição da comunidade. A Creche Leãozinho foi a primeira a usar o espaço neste ano e a satisfação era visível nos olhinhos de cada aluno.

“A Unesc é uma faculdade que traz um apoio muito importante para a escola, nas mais diversas áreas. A Brinquedoteca facilita o desenvolvimento cognitivo e social. São atividades que podem parecer simples, mas que fazem a diferença. Esta parceria que a Unesc possibilita com as escolas de Cacoal, além de ser bom para os nossos alunos que podem usufruir do espaço, é uma troca de conhecimento com os acadêmicos, futuros professores”, destacou Vilma Jerdlicka, professora da Creche Leãozinho.

Ao longo das próximas semanas, todas as 12 turmas da escolinha serão recebidas na Brinquedoteca da Unesc, por acadêmicos da instituição. O objetivo é atender o maior número possível de escolas, até o final do ano letivo.

A aluna Rosi Maria Teixeira, do 5º período de Pedagogia, estava entre os acadêmicos que receberam os pequenos aluninhos na tarde desta terça-feira.  Na opinião dela, a experiência é sempre sensacional. “Desde o ano passado eu participo das atividades da Brinquedoteca. Aqui é a oportunidade que a gente tem para colocar em prática todo o conhecimento adquirido. É uma experiência maravilhosa, sensacional! Para nós e principalmente para as crianças que tem a oportunidade de vir aqui, um lugar diferente, mágico”.

Através da brincadeira, a criança explora e reflete sobre a realidade e a cultura na qual vive. Os jogos de ”ganhar e perder”, por exemplo, permitem que a criança trabalhe a sua resistência à frustração. Já as brincadeiras em grupo favorecem o desenvolvimento de habilidades como cooperação, liderança e competição.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here