Representantes de RO intensificam treinos para maior competição de crossfit da América Latina

Para representar o estado no Monstar Games, atletas pegam pesado para chegar ao DF na competição que reúne atletas de toda América Latina

0
175
Um dos exercícios de alta complexidade que serão exigidos na competição é o muscle up (Foto: Lívia Costa/GE)

Para representar Rondônia no maior evento de crossfit da América Latina, o Monstar Games etapa Brasília, os atletas Anderson Jones, Andrey Ribeiro e Júlio Cesar treinam seis dias por semana para conseguir uma boa colocação. A equipe Team Crossfit Porto Velho vai competir na categoria amadora. O Estado também terá representantes em equipe feminina e individuais.

Com mais de mil competidores de toda a América Latina, os representantes de Rondônia irão competir em junho no evento que acontecerá em uma das etapas no Distrito Federal. Treinando desde novembro de 2016, os atletas afirmam que o foco é voltar com um pódio para o estado.

– Não vamos apenas para participar, nosso objetivo é voltar com um pódio, estamos treinando há meses, completamente dedicados para essas provas. Nossa vida é de renúncia, abdicamos da família por algumas horas, todos os dias, visando a melhor preparação e assim mostrar que mesmo distante das grandes metrópoles, estamos em alto nível técnico no esporte – declara Anderson Jones.

Andrey Ribeiro, que é do Corpo de Bombeiros, afirma que as atividades físicas do crossfit mudaram o seu dia-a-dia, auxiliando o seu rendimento até no trabalho. Ele competirá pela primeira vez na Monstar Game.

– Essa é minha primeira competição, estamos nos preparando e acima de tudo colhendo os benefícios de uma vida voltada ao esporte. Minha rotina mudou, meu condicionamento tem me auxiliado nas atividades que desenvolvo com a minha profissão, além de mostrar lá fora que em nosso estado existem atletas aptos para competir com pessoas de toda América Latina.

O educador físico Júlio Cesar, que também faz parte da equipe que representará o estado na competição, afirma que a maior dificuldade para os atletas tem sido o patrocínio e explica a importância do esporte para o estado.

-Nosso esporte ainda é desconhecido por alguns, isso nos prejudica, pois temos dificuldades de conseguir patrocínios. Não gastamos apenas no evento, mas durante toda a preparação, com acompanhamento nutricional, fisioterapêutico, suplementação. Acredito que quando se investe em esporte, o retorno é muito grande e é esta visão que precisamos inserir em nossa sociedade, para que nossa estado cresça e ganhe destaque nacional.

O Monstar Games é uma competição para praticantes de crossfit. Seu objetivo é escolher atletas e equipes mais bem condicionadas da América Latina, além de fomentar a prática de esportse através de desafios e provas que devem ser cumpridas conforme o regulamento da competição.

Competindo como individual, Brena Karlena também está na preparação para o Monstar Games, a atleta explica que os treinos estão focados e garante que volta à Rondônia com a primeira colocação. Este ano Brena competirá na categoria amadora individual, uma categoria a mais que na competição passada.

– Vou competir para vencer, temos dedicado o nosso tempo para essa preparação, apesar de competir pela primeira vez na categoria que vou, estou bem confiante e me sinto preparada. O nosso objetivo é representar nosso estado e voltar com boa classificação, desta maneira vamos fomentar o esporte.

Fonte: globo.com

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here