DETRAN alerta para vagas especiais de estacionamentos

O diretor geral do Detran, José de Albuquerque Cavalcante, considera importante as ações educativas e de fiscalização para preservar o respeito e dignidade das pessoas que realmente necessitem estacionar nesse tipo de vaga.

0
229

As desculpas de que “era apenas uma parada rápida” podem custar caro para motoristas que utilizam indevidamente, as vagas para idosos e portadores de deficiências físicas, em estacionamentos privativos. O Código de Trânsito Brasileiro prevê falta grave com multa no valor de R$ 127,69 e cinco pontos na Carteira Nacional de Habilitação. Nas cidades onde as ações de trânsito são municipalizadas, as emissões de autorização para ocupar essas vagas são feitas pela Prefeitura. O Departamento Estadual de Trânsito – Detran emite as autorizações nas cidades sem a municipalização.

Em Porto Velho, as incidências são mais comuns no Shopping Center e nos prédios públicos, onde possuem essas vagas com a devida identificação, porém muitos condutores não respeitam as prioridades. “Em locais de alto fluxo de veículos, essas vagas são essenciais para oferecer a acessibilidade de pessoas em condições especiais”, alerta Hugo Correia, diretor técnico operacional do Detran.

Apesar de terem o direito adquirido, as pessoas que necessitam das vagas especiais devem fazer o cadastro e receber o cartão de identificação para portar no veículo ao ocupar uma vaga. Para orientar os condutores ao respeito e cidadania, o Detran está com o projeto Multa Moral que alerta sobre a destinação desses espaços públicos aos portadores de necessidades especiais. Além da orientação são feitas operações de rotinas fiscalizando a utilização dessas vagas.

O diretor geral do Detran, José de Albuquerque Cavalcante, considera importante as ações educativas e de fiscalização para preservar o respeito e dignidade das pessoas que realmente necessitem estacionar nesse tipo de vaga. O diretor pondera que apesar de existir legislação regulatória muitos condutores não respeitam as vagas especiais causando transtornos aos usuários idosos e deficientes.

Por: comunicação Detran/RO.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here